Notícias Notícias

Voltar

Confraria realiza quinto Sarau Literário do TRT/MS no dia 30 de julho

Capa do Livro Capitães da Areia de Jorge Amado

No próximo dia 30 de julho, a Confraria dos Beletristas do TRT/MS realizará o quinto Sarau Literário, às 15h. Os convidados dessa edição são os servidores do TRT/MS, Élida Martins de Oliveira e Francisco das Chagas Brandão da Costa, que farão uma análise da obra de Jorge Amado, "Capitães da Areia".

Os expositores da 5ª edição contam que, assim que assistiram ao primeiro sarau, conversaram e partilharam o interesse em apresentar alguma obra. "Coincidentemente, indicamos a mesma obra: Capitães da Areia. Surpresos com a escolha em comum e com o objetivo de levar ao sarau uma obra com uma proposta diferente dos romances tradicionais, eu e Chagas nos candidatamos a beletristas", explica Élida Martins.

O gosto pelos romances sociais, que abordam de forma crítica a vida e elegem como protagonistas personagens reais, com defeitos e virtudes, fez com que a expositora escolhesse prontamente a obra para o sarau. "Além disso, Capitães da Areia possui um engajamento político muito interessante, denunciando a desigualdade social, a violência naturalizada contra os menores pobres e abandonados e a intolerância cultural", pontua.  

Para Francisco das Chagas, que leu o livro pela primeira vez quando era adolescente, a leitura fácil e a escrita corriqueira de Jorge Amado, retratando a realidade nua e crua, o marcou muito. "Esse livro mexeu comigo no que diz respeito à aceitação da minha orientação sexual, de como enfrentar a família, a sociedade de uma forma tranquila, natural", conta.

Clique aqui para se inscrever nesta edição do sarau.

Assista o vídeo com o convite feito pelos expositores da 5ª edição.

 

A Confraria

A "Confraria dos Beletristas" é um projeto de cunho lúdico-literário da Escola Judicia que promove encontros mensais para discutir grandes clássicos da literatura. Uma vez por mês é promovido um sarau literário conduzido por um futuro confrade ou confreira, que expõe uma obra literária e promove um debate sobre o assunto.

Podem participar como expositor ou participante do Sarau Literário magistrados, servidores e estagiários do TRT24 e de outros regionais, além de público externo ao tribunal como advogados, acadêmicos e quem mais tiver interesse na troca de conhecimento. Quem tiver interesse em ser um expositor deve preencher um formulário online indicando a obra que gostaria de expor. Os livros inscritos no projeto serão escolhidos pelo Conselho Executivo da EJUD, por votação. Clique aqui para se inscrever como expositor.

A eleição do expositor e respectiva obra a ser apresentada, bem como a divulgação de tais informações ao público, deverão ocorrer com antecedência mínima de 25 dias para que todos tenham tempo de ler o livro do mês. A participação, com aproveitamento, nos saraus literários, constitui atividade de formação continuada para o cômputo de horas-aula de que trata o art. 3º, caput da Resolução n.º 9, de 15 de dezembro de 2011, da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho - ENAMAT.