Notícias Notícias

Voltar

Pleno elege novos dirigentes do TRT/MS para o biênio 2021/2022

O Tribunal Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região elegeu durante a 7ª Sessão Administrativa Extraordinária os novos dirigentes do Tribunal para o biênio 2021-2022.

O novo Presidente e Corregedor a tomar posse será o desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior e o Vice-Presidente será o desembargador André Luís Moraes de Oliveira.

O Diretor Executivo da Escola Judicial do TRT24 será o desembargador Nery Sá e Silva de Azambuja  e a Ouvidoria ficará a cargo do Desembargador Nicanor de Araújo Lima.

As Turmas também terão novos presidentes e membros:

1ª Turma

Presidência: Desembargador Marcio Thibau Vasques de Almeida

Membros: Desembargador Nicanor de Araújo Lima

Desembargador Nery Sá e Silva de Azambuja

2ª Turma

Presidência: Desembargador Francisco das Chagas Lima Filho

Membros:  Desembargador João de Deus Gomes de Souza

Juiz Convocado Leonardo Ely

O desembargador Presidente Nicanor de Araújo Lima parabenizou o próximo Presidente "tenho certeza de que será uma administração de grande sucesso" e agradeceu aos demais magistrados pelo trabalho e pelo apoio ao longo de sua gestão.

Os desembargadores parabenizaram o esforço da atual administração pelas decisões eficientes e rápidas frente à pandemia de Covid-19 e o diálogo constante com as instituições como Amatra XXIV (Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul), MPT-MS (Ministério Público do Trabalho) e OAB-MS. Prova desse diálogo foi a criação do Comitê de Gerenciamento de Crise, criado pela Presidência do TRT24 e com a participação de membros dessas instituições para discutir as ações de prevenção, atendimento e mais recentemente, de estudo do retorno das atividades presenciais.

O futuro Presidente, Amaury Rodrigues Pinto Júnior,  afirmou que manterá o diálogo e a parceria com as instituições e pretende contar com os pares para continuar o trabalho já iniciado pela atual gestão, o que inclui o retorno paulatino às atividades presenciais - que deve acontecer no próximo ano.

"Agradeço ao Colegiado por ter ratificado a escolha do meu nome. Tenho muito orgulho de pertencer à 24ª Região, um Tribunal conhecido pela conciliação. Somos tratados com respeito e consideração pelos colegas do 1º grau, pelos advogados e demais instituições", pontuou.

O presidente eleito esclareceu que fará uma administração proativa e com uma atitude direcionada à uniformização de jurisprudência, proposta pelo desembargador André Luís Moraes de Oliveira, a fim de garantir a celeridade e maior segurança jurídica.  

A posse está marcada para o dia 11 de dezembro, às 14h.