Notícias Notícias

Voltar

Quase 6 mil acórdãos e sentenças são proferidos em um mês de quarentena

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região publicou 5.951 acórdãos e sentenças, entre os dias 16 de março e 17 de abril de 2020. Ao todo, foram 183.840 atos judiciais em 1º e 2º grau. O período marca o primeiro mês em que magistrados e servidores estão trabalhando de suas residências, em um esforço para combater a pandemia de Covid-19. Por meio do teletrabalho, o TRT/MS segue produtivo, sempre atuando em favor do equilíbrio das relações de trabalho e da Justiça social.

 

Nas quatro primeiras semanas de isolamento social, os juízes proferiram 4.438 sentenças e 3.285 decisões e efetuaram 13.420 despachos. Foram cumpridos 139.876 atos por servidores da área judiciária em 1º grau. Enquanto isso, os desembargadores do TRT/MS publicaram 1.513 acórdãos, 899 decisões, além de realizarem 544 despachos. No mesmo período, foram 19.865 atos serventuários em 2º grau. O levantamento foi realizado pelo Gabinete de Estatística.

 

Entre as medidas preventivas ao contágio do novo coronavírus estão a suspensão de prazos processuais, audiências e sessões administrativas e judiciárias presenciais, bem como as atividades presenciais de magistrados, servidores, estagiários, menores aprendizes e colaboradores nas unidades judiciárias, assegurada a manutenção dos serviços essenciais.

 

Produtividade

A Justiça do Trabalho disponibilizou nas páginas iniciais dos portais dos Tribunais Regionais de todo o País um ícone de acesso rápido para demonstrar a produtividade e a atividade judiciária dos respectivos órgãos.  A medida busca dar maior transparência às atividades desenvolvidas de forma remota durante o período de quarentena e atende recomendação da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

No menu lateral do site do TRT/MS, o botão "Covid-19: Produtividade" leva a uma página com os números dos principais atos judiciais efetuados pela Justiça do Trabalho em Mato Grosso do Sul desde o dia 16 de março de 2020, além de notícias publicadas no portal relacionadas à pandemia. Clique aqui para acessar.