Eventos Eventos

Primeira Semana Regional de Conciliação se inicia com mais de 300 processos em pauta

Grade da abertura da Semana Regional de Conciliação Trabalhista via Zoom

Na manhã dessa segunda-feira (7) foi realizada a abertura da Primeira Semana Regional da Conciliação Trabalhista, uma iniciativa do TRT/MS para dar continuidade à prestação jurisdicional de forma célere, especialmente durante o período de pandemia da Covid-19. Já estão agendadas para o período cerca de 300 audiências de conciliação.

O Vice-Presidente do TRT/MS e Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (NUPEMEC), Desembargador André Luís Moraes de Oliveira, pontuou durante a abertura do evento que "a Justiça do Trabalho, desde o início, sempre se pautou por uma atitude conciliatória. É nossa satisfação de mais uma vez responder de maneira imediata às demandas sociais e trabalhistas em nosso Estado, especialmente no momento presente, utilizando a tecnologia para retomar o diálogo entre as partes e resolver o processo".

Foto do Desembargador André Luís Moraes de Oliveira em seu momento de fala

Todo o trabalho de sensibilização e organização da SRCT foi desenvolvido por meio de métodos telepresenciais, como o contato com empresas, os advogados e partes. As audiências também serão realizadas telepresencialmente.

O Coordenador do NUPEMEC concluiu sobre o desenvolvimento da Semana:  "Justamente sensibilizando para a realização dessa Semana é que estamos aqui, nesse esforço concentrado, para que possamos atingir o bem maior que é não apenas a solução dos nossos processos judiciais, mas sobretudo, o desenvolvimento da paz social".

Para o Presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas, Thiago Alves da Silva: "A conciliação é a espinha dorsal do que é a Justiça do Trabalho, criada originalmente como Justiça de Conciliação. Somente a partir da Constituição de 1988 é que a Justiça do Trabalho passou a ter competência para processar e julgar as demandas".

Foto da Juiza Déa Marisa Brandão Cubel Yule

A Coordenadora do Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do 1º Grau - CEJUSC-JT/1º Grau do TRT24, juíza Déa Marisa Brandão Cubel Yule, disse estar grata a todos que possibilitam a realização da SRCT: "Gratidão a todos os advogados de Mato Grosso do Sul por se engajarem na nossa Semana Regional Conciliação e por acreditarem nessa porta de acesso à Justiça, que é a da autocomposição. É a porta de humanização da justiça, onde as partes são as grandes protagonistas na resolução de seus conflitos e que nos conduz a uma sociedade mais pacífica", explicou.

O Vice-Presidente da OAB/MS, Walfrido Azambuja, relembrou o início da Justiça do Trabalho, com as Juntas de Conciliação e juízes classistas, além da celeridade tão característica da JT. "Com a participação de todos, a Justiça do Trabalho de MS tem tudo para fazer dessa semana, uma semana profícua", disse.

Foto do Desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior

O Presidente do TRT/MS, Desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior, ressaltou que Justiça do Trabalho tem a vocação para a Conciliação. "O juiz do Trabalho tem a vocação para aproximar as partes num ambiente conciliatório, o que traz vantagens para o empregador, para o trabalhador e traz celeridade para a Justiça, porque quando a conciliação se concretiza fica mais fácil e rápido resolver as questões que não são conciliáveis".

O Presidente também desejou "que a Semana seja repleta de acordos 'de conciliação verdadeira', em que se resolve um problema para a pauta trabalhista, mas também se resolvem as situações de trabalhador e empresário". E finalizou: "A conciliação só é digna quando é digna para as partes envolvidas".