Notícias jurídicas Notícias jurídicas

Acordos somam mais de R$ 200 mil em dia de audiência no Cejusc-JT.

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc-JT) realizou, no dia 28 de março, duas audiências em ações plúrimas envolvendo ex-funcionários da empresa Vyga Prestadora de Serviços de Conservação e Asseio LTDA. Também foram realizadas, na ocasião, audiências de quatro ações individuais contra a mesma empresa. Ao todo foram 33 trabalhadores beneficiados, com 100% de acordos, totalizando R$ 201.338,83.

As audiências de conciliação ocorreram com a utilização das técnicas da mediação qualificada, na mesa do conciliador Boris Verbisck, e foram supervisionadas pela Juíza do Trabalho Substitua Dra Déa Marisa Brandão Cubel Yule, que também é coordenadora do Cejusc.

"A cada dia sentimos que os advogados estão mais e mais engajados na construção de uma cultura de paz, por meio da abertura ao diálogo, e no entendimento da mediação como um método apropriado para a resolução dos conflitos das partes e isso é um fator importantíssimo que impacta nos resultados dos trabalhos desenvolvidos pelo CEJUSC", comentou a Juíza coordenadora do Cejusc, Déa Marisa Brandão Cubel Yule.

Para a advogada de um dos trabalhadores beneficiados com o acordo, Dra. Cléa Rodrigues Valadares, a atuação do Cejusc tem sido fundamental. "Achei ótimo, porque tivemos a chance de fazer um acordo e resolver a ação com mais rapidez. Foi a primeira vez que vi concentrada tantas audiências, com tantos trabalhadores. Atendimento foi ótimo. Muito válido. Antes do Cejusc era mais difícil, demorava para acontecer as audiências", declarou a advogada.

Representando a empresa Vyga, o advogado Dr. Aparecido dos Passos elogiou a atuação do Cejusc para chegar aos acordos. "Foi muito bom. No começo houve divergências nos valores, mas, após as negociações, deu tudo certo. O Cejusc auxilia muito e facilita das audiências, dando oportunidade para discutir as propostas. Sinto que o Cejusc veio para desafogar e dar assistência aos jurisdicionados, tanto autores quanto reclamados", destacou o advogado.

O Cejusc-JT, localizado no Fórum Trabalhista Ramez Tebet, conta também com a supervisão da Juíza do Trabalho Substituta Dra Fabiane Ferreira e pelo Juiz do Trabalho Substituto Geraldo Furtado Neto.