Notícias Notícias

Plenário do Senado aprova indicação do Presidente do TRT/MS para ministro do TST

 

Foto do Plenário onde indicaram o desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior para ministro do TST

O Plenário do Senado aprovou no início da noite dessa quarta-feira (7) a indicação do Presidente do TRT/MS, desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior, para ministro do Tribunal Superior do Trabalho. 53 dos 55 senadores que participavam da 76ª Sessão Deliberativa votaram sim para a indicação do magistrado a ministro do TST. A nomeação deve ser feita pelo Presidente da República nos próximos dias.

Na última segunda-feira, o desembargador passou por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal e foi aprovado por 19 dos 21 senadores presentes. Nessa quarta-feira, por meio de votação secreta e por maioria absoluta dos votos, o magistrado foi aprovado para a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Marcio Eurico V. Amaro.

Foto do Desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior

Listra Tríplice

O nome do desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior foi um dos três escolhidos pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho (com 100% dos votos), no dia 19 de abril, para compor a lista tríplice para preenchimento de vaga de ministro destinada à magistratura de carreira.

A decisão com o nome do indicado pelo Presidente da República foi publicada no dia 07 de maio, no Diário Oficial da União.

No dia 05 de julho, o magistrado passou por sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Casa e nesta quarta-feira, foi aprovado pela maioria absoluta do plenário do Senado Federal.

Trajetória

Natural de Curitiba (PR), Amaury Rodrigues Pinto Junior é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba e, em 1989, ingressou na magistratura como juiz do trabalho substituto do TRT da 10ª Região. Presidiu as Juntas de Conciliação e Julgamento (atualmente Varas do Trabalho) de Mundo Novo e Campo Grande (MS) e dirigiu o Foro de Campo Grande. Em 16/5/2001, foi promovido, por merecimento, a desembargador do TRT da 24ª Região, e presidiu a corte no biênio 2006/2008, sendo o atual presidente no biênio 2021/2022.