Notícias Notícias

Prêmio reconhece desempenho de magistrados e servidores

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região concedeu nessa quinta-feira (03/12) o prêmio Labor et Honoris - Edição 2020 para magistrados e servidores que obtiveram os melhores resultados no desempenho de suas competências no âmbito da Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul em 2019. 

Para o presidente do TRT/MS, desembargador Nicanor de Araújo Lima, o dia foi de reconhecer alguns dos tantos heróis que conquistaram posição de destaque em 2019. "Vocês foram sensacionais e merecem nossos aplausos". O magistrado pontuou que foi dia de condecorar, também, a instituição pela alçada de estar entre as dez melhores do país, fazendo referência à prata conquistada no Prêmio CNJ de Qualidade 2020 na última semana. "É aquela que tem prata, brigando pelo ouro e sonhando com o diamante. Enfim, é um dia de ter humildade e reconhecer que ninguém ganha nada sozinho e que só iremos vencer realmente, irmanados, de mãos dadas", finalizou.

Um dos agraciados na categoria Metas Nacionais - Unidades Judiciárias de 2º grau - desembargador Marcio Vasques Thibau de Almeida, afirmou que foi uma grande surpresa receber a notícia da premiação. "Nós sempre trabalhamos sem muitas preocupações com os números. Nos preocupamos mais em fazer um bom trabalho, dar o direito a quem realmente merece, dentro de um prazo razoável, como é da tradição do TRT/M", comentou. O magistrado agradeceu a Deus pela saúde física e mental para suportar a carga de trabalho no dia a dia e à família pelo suporte e pelas horas de convivências subtraídas em fins de semana e horas noturnas.

O Juiz Titular da 7ª Vara do Trabalho de Campo Grande, Renato Luiz Miyasato de Faria, premiado na categoria "Desempenho Individual - Juízes Titulares de Varas com mais de 600 processos", em seus vinte e seis anos de magistratura, reconhece que o trabalho não é isolado, mas sim, feito em equipe e que o fez com uma equipe maravilhosa. O magistrado também parabenizou a administração do Tribunal por valorizar as pessoas: "A alta administração é iluminada quando constrói prédios e conserta maquinários, mas a alta administração é especial quando reconhece o valor das pessoas. Quero dizer que a administração deste TRT administra pessoas e eu só posso parabenizar a vocês!", exclamou.

Veja quem foram os agraciados desta edição:

- Metas Nacionais - Unidades Judiciárias de 2º grau:

Gabinete do Desembargador Marcio Vasques Thibau de Almeida:  Desembargador Marcio Vasques Thibau de Almeida e a assessora de Desembargador Cintia Adami.

- Metas Nacionais -  Unidades Judiciárias de 1º grau - Varas com até 600 processos:

Vara do Trabalho de Bataguassu: Juiz Titular Antonio Arraes Branco Avelino e a Diretora de Secretaria, Juliana Maria Bovério.

- Metas Nacionais -  Unidades Judiciárias de 1º grau - Varas com mais de 600 processos:

Vara do Trabalho de Nova Andradina: Juíza Titular Neiva Márcia Chagas; Juiz Substituto, Alexandre Marques Borba e o Diretor de Secretaria, Anizio de Souza Rocha.

- Categoria Menor Prazo Médio - Varas com até 600 processos:

Vara do Trabalho de Amambai: Juíza Titular Fátima Regina de Saboya Salgado e o Diretor de Secretaria Paulo Roberto Brescovit

- Categoria Menor Prazo Médio - Varas com mais de 600 processos:

Vara do Trabalho de Mundo Novo: Juiz Titular Marcelo Baruffi e o Diretor de Secretaria Claudinei Monsalle.

- Categoria Desempenho Individual - Juízes Titulares de Varas com até 600 processos:

Ademar de Souza Freitas, Juiz Titular da Vara do Trabalho de Aquidauana e a assistente de Juiz Raquel Reis Vaz de Moura Oliveira

- Categoria Desempenho Individual - Juízes Titulares de Varas com mais de 600 processos:

Renato Luiz Miyasato de Faria, Juiz Titular da 7ª Vara do Trabalho de Campo Grande e o assistente de Juiz Erickson Gomes Oliva.

- Categoria Desempenho Individual - Juízes Substitutos: 

Juíza Substituta Keethlen Fontes Maranhão e a assistente de Juíza Bruna Lopes Witwytzky.