Notícias Notícias

TST passa a utilizar sistemas desenvolvidos pelo TRT/MS

Os Sistemas de Folha de Pagamento (FolhaWeb) e de Controle de Material e Patrimônio (SCMP) desenvolvidos pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região serão utilizados pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). O acordo de cooperação foi assinado na tarde de hoje, 22 de novembro, pelo Presidente do TRT/MS, desembargador João de Deus Gomes de Souza, e pelo Presidente do TST, ministro João Batista Brito Pereira, em Brasília.

A FolhaWeb do TRT/MS, escolhida para compor os sistemas administrativos nacionais da Justiça do Trabalho, é um dos módulos do Sistema de Gestão de Pessoas (Sigep) e já está sendo utilizado por 23 TRTs do país. O TST já começou a instalação da FolhaWeb e, em breve, deve aderir também aos demais módulos do Sigep.

O Sigep é importante para que os tribunais possam cumprir as exigências do e-Social, que unifica em um mesmo banco de dados as informações previdenciárias, fiscais e trabalhistas. O prazo para todos os órgãos públicos implementarem o e-Social é janeiro de 2020.

Em relação ao Controle de Material e Patrimônio (SCMP), o sistema já foi instalado no TST e a produção deve começar no início do ano que vem. A ferramenta já está sendo utilizada por 18 TRTs.

O SCMP gerencia os ativos patrimoniais e os materiais de consumo utilizados pelas unidades administrativas e judiciais, a movimentação de materiais permanentes e as requisições de todos os materiais em estoque no almoxarifado do Tribunal. Também são gerados relatórios gerenciais como previsão de estoque, balancetes e de controle de entradas e saídas. Os maiores diferenciais são a análise de consumo e patrimonial, bem como o módulo de inventário.

O sistema, utilizado desde 2010, surgiu da necessidade de atender às necessidades da Coordenadoria de Material e Patrimônio e nasceu da integração entre os sistemas legados Consumo, SMP e Requisições WEB, retirados de produção.